Para congelar, Para o almoço/jantar, Receitas

Peito de frango ao vinho, molho mostarda e molho rosê – 3 pratos 1 só preparação!3 minutos lendo

Peito de frango é versátil e fácil de combinar com tudo!

E se eu te contar que dá para fazer 3 preparações diferentes com ele em 30 minutos (fora o tempo de marinada que você deixará lá quetinho e pode fazer o que bem entender deste tempo que ele trabalhará sozinho na geladeira) e ainda poderão ser congeladas!

Assim você congela marmitas para a semana toda e não fica com aquela vontade de comer um fastfood na quarta por já não aguentar mais ver a cara daquele mesmo prato!

Da mesma forma que é fácil cozinhar o peito de frango também é fácil perder sua suculência com facilidade, então se você não quer seu frango seco, corte em cubos médios. Se forem muito pequenos podem secar e no processo de congela e descongela perde ainda mais líquido e mais seco ficará. Então, cubos médios para isso não acontecer certo?

3 preparações diferentes com cubos de peito de frango - Ao vinho e ervas, molho rosé e molho mostarda.

  • Tempo: 0h30 + tempo de marinada
  • Dificuldade: fácil
  • Imprimir
receita de peito de frango ao vinho branco

Ingredientes

  • 1 kg de peito de frango cortado em cubos médios,
  • 1 colher (de chá) de cúrcuma,
  • alecrim, tomilho, orégano, salsa à gosto (costumo salpicar o equivalente de 1 colher de café de cada uma das ervas),
  • sal, azeite e pimenta do reino à gosto,
  • 1 colher (de sopa) de alho cortado bem pequeno,
  • 1 xícara (de chá) de vinho branco seco,

Para o molho mostarda

    peito de frango com molho mostarda
  • 1 cebola pequena em cubinhos,
  • 1 fio de azeite,
  • 250 ml de creme de leite fresco,
  • 1 colher (de sopa) de mostarda amarela.

Para o molho rosé

    receita de peito de frango com molho rose
  • 3 tomates italianos

Modo de preparo

    1.Em uma vasilha ou um saco plástico ziplock coloque os cubos de peito de frango, o alho, tempere com as ervas, adicione a cúrcuma, sal, pimenta, azeite, pimenta e o vinho. Certifique-se que todo o frango esteja em contato com os temperos, misture bem e deixe na geladeira por pelo menos 4 horas.
  1. Em uma frigideira regue um fio de azeite e deixe esquentar, quando estiver bem quente distribua os cubos de peito de frango, salteie e certifique que todos os lados estão cozidos, se sua frigideira não for muito grande faça este processo em 2 partes, evite colocar muito de uma vez.
  2. receitas com peito de frango para a marmita
  3. Se você dividiu em dois, volte todos os cubos para a frigideira assim que todos estiverem dourados, despeje o líquido da marinada sobre o frango e deixe reduzir pela metade.
  4. Divida o frango cozido em 3 partes iguais, em uma delas coloque todo o liquido que restou do cozimento.
  5. Doure a cebola no azeite, coloque o creme de leite e espere levantar fervura.
  6. Adicione a mostarda e desligue o fogo.
  7. Despeje metade do molho mostarda na segunda parte do frango.
  8. Em um mixer bata a metade do molho mostarda que sobrou com os tomates, volte para a frigideira, espere novamente levantar fervura e cubra a terceira parte de frango.
  9. Finalize com salsa picadinha todos os pratos!

Congela?

SIM! Guarde em potinhos do tamanho da sua refeição depois de frio no freezer ou direto na marmita!
Para descongelar é só levar ao microondas!
Não talha, talvez solte um pouquinho de água o descongelar, mas é só mexer um pouquinho, prefiro congelar frango em molhos cremosos para não ficarem muito secos, a marinada de vinho é um caldo líquido mas que dá muito sabor ao frango!

*Este post é dedicado a minha vizinha Luci que tem um coração enorme e desde o início da nossa amizade confiou no meu trabalho! Quero ver o molho mostarda sair aí nesta cozinha lindaaaa!

Para mais idéias como esta: Congelamento de Carnes prontas do blog seEufizVCfaz!

1 Comentário

  1. Congelamento de Carnes Prontas - Uma Economia de Tempo -

    19 de julho de 2017 at 11:00

    […] Quer mais dicas de congelamento de carnes prontas? A Ariana do blog A Casa Encantada tem várias! Clique aqui para ver algumas ideias!  […]

Deixe uma resposta